Uma galeria de arte na pele. Aonde os pincéis são as máquinas e as telas, o corpo.
Conheça um pouco mais das nossas obras nas redes sociais.

fica esperto

Camilo Nunes

"Nós não semos
medos cara"

Ivy Saruzi

"I'm not a ladie"

Marcus Sirtoli

"Tem que dale pra não tomale"

Daniel Griza

"Não Presta"

Gabriela Alves

"Sendo feliz, vale tudo,
menos dedo no @&$*"

1,2,3,4, let's go! Metálico, pesado, cortante, melodias que marcam a pele. O som da máquina é música para os ouvidos da galera da thINK artclub. Todos os dias eles entram no estúdio como uma banda sobe no palco: cada session é pra ser inesquecível.

Nosso Clube

Mais do que ficar na pele, queremos que a tattoo seja uma experiência tão bacana que fique gravada também na memória. Por isso, abrimos a sua cabeça com um espaço bacana, descontraído e repleto de inspiração. O thINK artclub nasceu para aproximar pessoas que dividem a mesma paixão pela arte. Seja tatuador, admirador, ou tatuado, o estúdio está sempre de portas abertas. Pinte aqui. E deixe a gente pintar a sua pele.

  • Camilo Nunes

    O Camilo é apaixonado pela família e tem tatuado na alma o amor pelo desenho. Viciado em New School, abusa das referências orientais, mas o que mais gosta é fazer um coquetel de estilos e misturar tudo à sua própria arte.

  • Ivy Saruzi

    A Ivy tem dois lindos gatinhos fofos e peludos. Além de amar seus filhotes, a Ivy é apaixonada pelo que faz. Tatuadora desde 2009, ela não se prende a rótulos, escolas, tendências. Segue o seu próprio traço, do seu próprio jeito: versátil, diferente, feliz.

  • Marcus Sirtoli

    Cigano, judeu, siciliano, frentista, operário, professor, metaleiro. Some toda essa experiência de vida a livros de história, ciência, religião, alquimia, e Puft! Eis um tatuador com traços mágicos e apaixonado por preto e cinza.

  • Daniel Griza

    As influências desse cara estão à flor da pele. Do tradicional americano à estética da gravura, Griza risca desenhos autorais. Em seu universo de fantasia surgem animais com traços fortes, carregados de hachura, pontos e muita tinta preta. Com experiências vividas em outros acredita que a viagem esteja apenas começando.

  • Gabriela Alves

    Acredita que quem trabalha com criatividade tem que estar em constante movimento e vê a tatuagem como uma maneira das pessoas se expressarem. Fã de café, doce de leite e Beyonce, faz dancinhas pelo estúdio enquanto ninguém está olhando (isso é o que ela acha).

  • Tita

    in memoriam
    Au - au…
    Au au au

Entre em contato

Rua Maranguapé, 101 • Petrópolis • Porto Alegre/RS • 90690-380
51 3372-5973contato@thinkart.club